Não é porque você vai a uma entrevista de emprego em inglês que vai precisar fazer malabarismos para provar que sabe a língua. O entrevistador sempre vai procurar fazer uma entrevista de emprego normal. Ele vai aproveitar as perguntas para saber se você realmente domina o idioma, na medida em que a empresa precisa. Isso porque algumas vagas requerem apenas inglês básico e outras intermediário. Já nas vagas de emprego que exigem inglês fluente, geralmente as empresas deixam essa informação bem clara.

Se você está se preparando para uma entrevista assim, ou sabe que em breve vai passar por essa situação, algumas das perguntas mais tradicionais são essas:

 

Why did you leave your last job?
Por que você deixou seu último emprego?

Aqui você deve se preparar pensando, primeiro, se você foi demitido ou se demitiu. Se foi demitido, como foi o processo de desligamento e, se pediu demissão, em quais desafios e novas oportunidades estava pensando. Fique bem preparado para esta pergunta!

 

How do you describe your work style?
Como você descreve seu estilo de trabalho?

Pense nos pontos que você considera interessantes no seu jeito de trabalhar e desenvolva mentalmente. Não se trata de dizer seus pontos fortes propriamente, mas como você faz para seus pontos fortes acontecerem!

 

How would your peers describe you?
Como seus colegas de trabalho definiriam você?

Esta é uma questão corrente que o entrevistador faz para saber como você lida, dentro da empresa, com o trabalho em equipe e socialmente.

 

What were your main goals in your last job?
Quais eram suas principais metas, no seu último emprego?

Quando você se deparar com perguntas desse tipo, sobre metas e resultados, existem aqui dois desafios: um é mostrar que você não apenas fazia “coisas”, mas que suas ações visavam resultados e que você sabe quais deles foram resultados, por exemplo:

- Eu reduzi o consumo de papel em 30%;
- O número de reclamações de clientes reduziu praticamente a zero.

Outro ponto é que você vai ter que usar o seu vocabulário corporativo (o que algumas pessoas chamam de inglês técnico), para mostrar que você domina o inglês na sua área de atuação.

 

What’s your education background?
Qual é a sua formação?

A ideia aqui é ser direto. Se for um emprego técnico, qual escola técnica fez e onde. Qual o tipo de formação teve lá.

Agora, se for uma formação superior, qual graduação, especialidades, MBAs e demais títulos que você tem. É importante que você elabore as frases, não apenas cite as coisas... “Last year I finished my master degree in...” e não apenas “I have a master degree in...”, por exemplo.

 

Tell me more about yourself.
Fale-me mais sobre você.

Aí está a sua chance de mostrar como você pode ser importante para a empresa. Apesar da pergunta parecer pessoal, não seja pessoal demais. Neste ponto, se a questão da formação profissional não foi citada, você pode falar sobre ela. Pode falar sobre seu interesse em determinados tipos de estudo, ou até hobbies que pareçam interessantes para o entrevistado.

 

Why do you want to work for this company?
Por que você quer trabalhar para esta empresa?

A pergunta que está oculta aqui é se você pelo menos conhece a empresa por cuja vaga você está brigando. Pesquise sobre o que a empresa faz e em que um profissional da sua área de atuação pode ser útil para ela. Portanto, pense em como você pode demonstrar conhecimento sobre a empresa e sobre o mercado em que ela atua.

 

What motivates you?
O que motiva você?

Certamente algumas características das empresas que você já trabalhou deixaram você satisfeito com os resultados que obteve. Você pode ser motivado pela possibilidade de acompanhar resultados, por fazer coisas que auxiliem o time... tanto faz. Pense em algo que realmente o motive. Estruture o raciocínio em inglês e seja natural na resposta, pois essa é uma questão bem pessoal.

 

What are your weaknesses and your strengths?
Quais são seus pontos fracos e fortes?

Nada diferente do que, normalmente, também se pergunta em uma entrevista em português. Mas é importante você já ter em mente quais os pontos que você responderia, para evitar parecer que não entendeu a questão.

 

Do you have any questions for me?
Tem alguma pergunta para mim?

Faça ao menos uma pergunta para mostrar que você não é apenas reativo. Se estiver seguro, pergunte mais, desde que não pareça que o entrevistador é você! ????

 

Além disso, é importante você estar atento a essas dicas:

  • Não use vocabulários informais que você aprendeu em filmes, para parecer fluente. Expressões como “what’s up”, chamar o entrevistador de “man” ou “dude”, podem ser bem prejudiciais.
  • Não seja monossilábico, construa frases. “Yes” e “no”, apenas, nem pensar!
  • Você não vai conseguir um sotaque perfeito de uma hora para outra. Portanto, não fique preocupado com isso.

 


Vem pra Fisk!

Cada vez mais o inglês vai se tornando requisito básico para se alcançar uma posição em uma empresa ou mesmo para fazer negócios.
.